Uma noite mal dormida seguida por um dia lindo em La Paz

Posted: May 30, 2012 by Natália Almeida in Português, Training
Tags: , , , , , , , , ,

A primeira noite estava sendo de muito descanso. Escrevemos o post, fizemos um lanche rápido aqui mesmo no hotel e enquanto fui dormir o Ben ficou lendo livro e na Internet.

Por volta da meia-noite acordo morrendo de vontade de ir ao banheiro e beber água, de acordo com o Ben levantei da cama parecendo uma bêbada. Quando voltei do banheiro a luz do quarto estava apagada e ele me pediu para acender resolvi fechar a porta antes e a próxima lembrança foi eu no chão passando a mão no rosto e chorando de dor. Nossa meu rosto doía muito. O Ben do meu lado tentando me acalmar, dizendo que estava tudo bem e me pedindo para beber mais água. Apaguei literalmente.  Hoje passei o dia rindo tentando entender o que tinha acontecido!

Acordei diversas vezes por enconstar os lados doloridos do rosto na cama. Ontem pela manhã fui correndo ao espelho pensando que devia ter ficado vários hematomas, mas nada. Eu examinando bem de perto consegui notar mas o Ben não via nada.

Os efeitos da altitude são incríveis, e se não estiver bebendo água o tempo todo você percebe bem. Ontem bebi água a toda hora, e tentei acordar durante à noite para me hidratar.

O dia foi interessante, andamos o dia todo e por estarmos na parte baixa da cidade em sua maioria subimos, o que é um bom treino. Caminhamos pelo centro, nos encantamos com a Igreja e Convento de San Francisco uma construção do século 16, destaca-se na entrada um portal todo esculpido em pedra que mistura imagens sacras e indígenas, descobri que o nome dado a esse estilo é barroco mestiço. Lindo de se ver. Ao entrar no Museu você pode se ver quadros e entender como viviam os franciscanos antigamente. É possivel entrar na cripta e subir onde ficam os sinos, de lá a vista é incrível.

O centro da cidade é recheado de praças e é impossível não notar a quantidade de livrarias e restaurantes que vendem frango frito, pelo jeito a paixão culinária do país.

Na hora de almoçar não optamos pelo “pollo frito” mas sim por um retaurante chamado Café Colonial onde comemos Picada de Llama, uma delícia. O lugar é muito simples e decorado com diversas capas de vínil antigos de jazz, blues, tango, entre outros. Amúsica do mesmo estilo da decoração, logo maravilhosa. Gastamos nem 30 reais com os comes e bebes.

O Illimani ao fundo deixa a cidade muito bonita, de todos os lugares se vê o pico nevado e tudo vira um cartão postal,

nos pegamos num certo momento descendo uma das avenida em direção a ele, a impressão é que dá pra ir andando e isso chega a ser hipnotizante e tentador. Nas calçadas da Avenida Camacho é possível  ler diversos trechos de poemas e frases sobre a montanha, e se nota a importância que ela tem para a Bolívia.

Para terminar o dia fomos jantar no restaurante Mongos, famoso por bons pratos e uma noite animada ao som de salsa. Lá pudemos brindar a viagem com uma cerveja boliviana Huaris que dá de 10 a 0 na Quilmes, Patrícia ou Norteña, que importem ao Brasil já.

Com certeza o que ronda a cabeça de vocês é o que gostamos mais né?

Hummm para ser sincera acho que vocês nunca pensariam o que foi.

Apesar de tantas vistas apaixonantes, comidas deliciosas acho que vou concordar com o Ben que o ponto alto do nosso dia foi onde menos esperamos que fosse, em menos e 1 m² foi possível encontrar algo inimaginável e surpreendentemente engraçado:

Espero que tenha achado tão cômico e surreal quanto a gente.

Comments
  1. Vic says:

    HAHAHAHA Sensacional esse caixa eletrônico!!

  2. Carmem says:

    Que demais esse caixa e sua historia BIZARRA do rosto queimando!! hahaha Muita coca pra voces!!! Bjs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s