7 dias consecutivos de pedalada: Shrewsbury para Manchester

Posted: February 8, 2013 by Natália Almeida in Cycling, Environment, Photography, Português, Training
Tags: , , , , , , , , ,
Jodrell Bank

Jodrell Bank

Acordar de manhã e ouvir pela janela o barulho do vento e da chuva forte pela janela é um tanto desanimador. Mas nossa intenção com essa expedição-treino sempre foi nos desafiar mais e mais e toda essa mudança climática e todos os desafios impostos pelo tempo e pela natureza sempre foram a grande questão. Então 6h30 sem choro e nem vela acordamos nos arrumamos e descemos para chá e torradas com geleia. É estranho acordar de manhã e se servir e ficar andando por uma casa que não é sua e os donos ainda estarem dormindo, mas a essa altura já estamos quase acostumados. Jon uma hora veio nos ajudar a tirar as bikes e conversar um pouco, e nesse meio tempo a chuva já não estava tão ruim.

Resting by the Canal

Resting by the Canal

Na verdade o passar do dia foi bom porque o vento e a chuva foram desaparecendo a cada quilômetro percorrido. Seria um dia bem longo (104km), mas a altimetria era ótima com pouquíssimas subidas. A estrada bem pequena e passava por dentro de pequenos vilarejos e fazendas era um deleite aos olhos. Paramos um pouco em Audlem onde aproveitamos um pouquinho, e depois seguimos em frente. Passamos pelo Jodrell Bank, um super radiotelescopio, que o Ben tinha ido com o pai quando era bem mais novo. Um tanto interessante ver algo tão tecnológico e moderno no meio de plantações e fazendas antigas.
Me fez lembrar de um dos filmes do 007, mas o Bem me disse que não é o mesmo lugar, e que de fato o do 007 nem existe.
Foi um dia de calmo proveitoso, sem ventos e com um solzinho no fundo que dava um ânimo para continuar pedalando. Levamos um pouco mais de 6 horas pedalando, mas com as paradas viraram 9, e ainda paramos bastante tempo no centro de Wilmslow para um café e papear já que os anfitriões da noite só chegavam em casa mais tarde.
Ao chegar em Heald Green fomos recebidos por Becky, Matt e o pequeno Theo, uma família jovem mas cheia de aventuras. Eles largaram o trabalho e percorrem de bike com o pequeno theo de dois anos na época num trailer percorram 4 mil milhas pelo Canadá e Estados Unidos. Um tanto corajoso e inspirador quando você pensa que uma criança dessa idade precisa de atenção. Com eles trocamos diversos conselhos, risadas e comemos um chilli com arroz, que confesso me fez muito feliz, depois de tanta batata eu realmente estava com saudades do arroz.
Como o dia seguinte prometia ser longo e bem montanhoso eu abandonei o bate-papo e fui para cama cedo.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s