Posts Tagged ‘nutrição’

Vida Saudável!
Na Terça-feira  completei 1 semana de regime… Acho que até agora o maior desafio foi por ser meu aniversário então fiquei a base de chá verde na festa e jantei em casa antes de ir… Os amigos são os amigos, alguns te entendem e te apoiam já outros se divertem em te tentar com tudo o que veem pela frente.
Tenho conseguido me organizar e me manter disciplinada, na segunda talvez tenha sido o dia mais difícil, tive que correr de cima pra baixo na cidade, e tive que comer a minha marmita fria no taxi e depois comprei o iogurte no caminho, como não tinha fruta na vendinha, tomei o iogurte sem nada mesmo, ainda bem que gosto!
Ser mulher só complica as coisas, de TPM não poder recorrer ao chocolate me deixa querendo ficar ainda mais irritada, mas me foco pensando que tenho um bom motivo. O doce em si não é um problema, até porque chocolate eu gosto de amargo, sou daquelas que quando vê que lançaram mais uma barrinha 90% cacau abro um sorriso gigante, o que na verdade só facilita, quando a tpm aperta recorro a um café se açúcar e tudo certo.
Organizar a alimentação anda fácil, como não preciso cozinhar muita coisa, e normalmente os pratos são assados eu meio que coloco tudo numa assadeira e deixo o resto por conta do fogão.
Acho o mais inacreditável é que parece que tudo está se apertando na mesma semana:
Primeiro o regime proposto pela Isabella Alencar, depois as tarefas que estão começando a ser incluídas pelo Personal Alércio Dias, e ontem chego na musculação e a Luciana trocou todo o meu treino por um bem mais pesado.
Mas o jeito é respirar fundo e seguir concentrada!
Sigam torcendo por mim.
Mais tarde posto as minhas refeições para vocês conferirem como não estou passando fome!
O ingrediente escolhido pela Dra. Isabella Alencar essa semana é a amêndoa.
As amêndoas são fontes de fósforo, cálcio, vitamina B2, fibra, proteínas e vitamina E. Além de fontes de gorduras boas, possuem propriedades relaxantes sendo uma ótima opção em momentos de estresse..
Por ser tão um alimento tão rico, escolhemos ele para te dar opções de leite vegetal!
Espero que goste!

Food shopping

Ontem divulguei aqui o passeio oferecido pela Kaiporah esse final de semana, englobando bike e escalada. Já escrevi aqui antes como acredito que esses dois esportes são parceiros e em como vejo cada vez mais ciclistas na Casa de Pedra e mais escaladores se aliando a bike para manter o condicionamento físico em dia.

Por isso hoje vou dar uma dica e falar um pouco da importância de uma alimentação adequeada para quem pratica essas modalidades e quer alcançar um bom desempenho nos treinos.

NewFoodPyramid1Por se tratarem de modalidades onde os treinos são de longa duração e com variados graus de dificuldade, intensidade e serem praticados outdoor as refeições devem ser constituídas em maior proporção por carboidratos e a ingestão de liquidos deve ser constante. Carboidratos de baixo a médio índice glicêmico (ex.:batata doce, granola, biscoito integral, maçã, morango) são as opção mais recomendadas por fornecerem energia de forma gradual, evitando os picos glicêmicos. Os alimentos antioxidantes (ex.: frutas vermelhas, frutas cítricas, verduras escuras, siga o princípio de quanto mais colorido melhor) ajudam na redução de radicais livres.

Na noite anterior a saída para rocha ou pedal deve se evitar alimentos ricos em lipídeos (ex.: molhos, biscoitos recheados, maionese) e proteínas, que são mais difíceis de ser digeridas e podem assim gerar desconforto; fibras por acelerarem o processo intestinal e a cafeína por ser diurética te faz perder liquidos mais rápido e podendo levar até mesmo a desidratação. Os doces e alimentos cheios de açúcar, e que a maioria dos ciclistas tem como queridinhos em suas mochilas e bagageiros fornecem uma energia não efetiva, ela leva o corpo a um pico no indíce glicêmico o que te dá a sensação de energia, mas essa energia dura pouco tempo, o que na maioria das vezes te faz consumir muito mais colorias e açúcar necessário.

Suco de beterraba com laranja antes de pedalar!

Suco de beterraba com laranja antes de pedalar!

Viu se alimentar não é tão fácil quanto você pensa, e perder peso nem sempre é sinônimo de estar fazendo o certo, afinal de contas a perda rápida pode estar relacionada à desidratação e à perda de massa magra, sendo que a busca sempre é pelo aumento de massa magra e não a redução, e isso só é possível com a dieta certa você. Mas dieta certa não é dieta de revista ou a dieta do amigo por que cada pessoa tem seu organismo e seu metabolismo por isso nós do 360 Extremes contamos com a ajuda de uma nutricionista. Com a Dra. Isabella Alencar nós aprendemos a escolher melhor o que comer no dia-a-dia e durante os treinos e com isso ganhamos muito: perda de peso gordo e aumento de peso magro, maior disposição, melhor desempenho em dias longos, recuperação de músculos mais rápida e diminuição de cansaço nas horas seguintes a prática.

Hoje finalmente estreia o Entre Papos e Panelas, um programete semanal que teremos aqui no site.

A Dra. Isabella Alencar – nossa nutricionista funcional – comandará as facas e panelas da nossa cozinha para ensinar receitas super práticas, saudáveis e que certamente ajudará na nossa – e porque não sua – performance esportiva.

E por falar em performance nada mais justo que a primeira receita seja daquela que é adorada pela maioria dos atletas de alta performance: a batata-doce.O baixo índice glicêmico dela nos permite ter energia por mais tempo durante a atividade esportiva!

Abaixo uma lista de benefícios sobre esse tubérculo só lembrado nas nossas mesas durante as festas juninas:

  • Fonte de carboidratos, fibras;
  •  Rica em vitaminas do complexo B e sais minerais, como cálcio, ferro, potássio e fósforo.
  •  Regula o sistema nervoso e Digestivo;
  •  Previne a hipertensão;

Cada 100g de batata doce tem em média 116 calorias – 1,16g de proteínas, 30,10g de carboidratos e 0,32g de lipídios.

Entre Papos e Panelas

Posted: March 19, 2013 by Natália Almeida in Nutrition, Português, videos
Tags: , , , , , ,

Essa quarta-feira (20/03/2013) estreia o Entre Papos e Panelas, um programa comandado pela Isabella Alencar onde você vai aprender várias dicas e receitas para uma vida saudável.

 

 

 

Vocês já ouviram falar e muito da Dra. Isabella Alencar, mas para aqueles que ainda não conhecem o seu blog, aproveitei para divulga-lo um pouco com essa promoção:
Concorra a um blend de proteína!!Para concorrer é necessário responder a pergunta na foto do link abaixo: A proteína é importante na alimentação para..?

Não esqueça de curtir a fanpage da nutri Isabella Alencar Nutricionista e compartilhar essa foto!

www.facebook.com/photo.php?fbid=420861051336968&set=a.380368035386270.90607.379406892149051&type=1&theater

Concorra a um blend de proteína!!Para concorrer é necessário responder a pergunta nesse post: A proteína é importante na alimentação para..?

Não esqueça de curtir a fanpage da nutri Isabella Alencar e compartilhar essa foto!

Promoção Blend de Proteína

O valor de uma boa alimentação

Posted: January 16, 2013 by Natália Almeida in Nutrition
Tags: , , ,

leite-de-amendoas-blog

 
Alimentação não é só a base de uma vida saudável como também a garantia de um bom aproveitamento dos treinos. Um plano alimentar melhora o rendimento e a performance esportiva, auxilia na recuperação dos músculos e diminui o risco de lesão muscular. Antes de treinar o foco é fornecer energia suficiente para a prática e depois do treino uma alimentação equilibrada com nutrientes que reponham a energia perdida e ajude na recuperação de tecidos.
 
Montar um plano alimentar sozinho ou baseado em dietas da moda tem grandes chances de não darem certo e prejudicarem suas metas. Por isso mesmo logo no início do 360 Extremes buscamos o acompanhamento nutricional.
Nutricionista pós-graduada em  nutrição clínica e funcional

Nutricionista pós-graduada em nutrição clínica e funcional

Nesses mais de 16 meses de projeto temos ao nosso lado a Dra. Isabella Alencar, que nos acompanha e nos auxilia nesse setor. A princípio ela teve um trabalho para nos re-educar, afinal de contas vivíamos basicamente a base de queijo e vinho. Com o passar do tempo foi nos levando a uma dieta que visasse uma melhor performance nos treinos – antes focando os dias de escalada e hoje nas pedaladas longas. 
 
Hoje tivemos mais um encontro para entendermos toda a dinâmica alimentar que essa nossa pequena expedição vai exigir.
 
Na Grã- Bretanha gastaremos muita caloria por conta dos dias consecutivos de pedalada e do frio, exigindo um cuidado muito maior com a hidratação e o consumo de carboidrato. Esse cuidado começara antes mesmo de começar a pedalar – no mínimo 1 hora antes temos de consumir cada um a sua quantidade de carboidrato (de baixo índice glícemico) e 200ml de água – durante o dia a rotina pede que nos alimentemos de 1 em 1 hora e o consumo de líquidos de 15 em 15 minutos.
Certamente nos primeiros dias será complicado entrar nessa rotina, mas com o tempo acabaremos nos acostumando e ficará ainda mais fácil ao notarmos os benefícios.
 
Ser disciplinado com a alimentação será primordial para evitarmos: cãibras, lesões, fadiga e cansaço excessivo. 
 
Pra vocês entederem mais o benefício de uma alimentacão equilibrada e de acordo com a sua rotina, a partir de agora você poderá ver todas as dicas, receita e conselhos da Isabella aqui no nosso site e também no site dela.
 

Os segredos da cor rubi

Posted: October 9, 2012 by Natália Almeida in Cycling, Nutrition
Tags: , , , ,
Suco de beterraba com laranja antes de pedalar!

Suco de beterraba com laranja antes de pedalar!

Nesse pouco tempo de pedalada já ouvi de ciclistas várias teorias e várias crenças a respeito da alimentação no pedal. Sinto que a maior parte segue dicas de amigos ou de algo que leu na internet.

A ideia mais enraizada é a que temos que comer bastante açúcar. Então nos intervalos do pedal se entopem de doces e chocolates. Os que tentam ser mais saudáveis levam consigo potinhos de castanhas e outros ainda ficam o dia todo sem comer e às vezes sem beber água.

Eu fico impressionada com isso, e o motivo é simples, por causa desse projeto eu e o Ben investimos na nossa saúde e por reconhecer o quanto uma alimentação balanceada e equilibrada com a nossa rotina é importante fazemos um acompanhamento nutricional. Assim sabemos que para um dia pedalando na, rua de baixo de sol, precisamos muito mais que castanhas e chocolate; sabemos também que um bom pedal começa com uma boa janta que nos fornecerá carboidratos para o dia seguinte. E o café da manhã também tem os seus macetes por isso todos os nossos textos que contam as nossas pedaladas começam com nosso super suco de beterraba, e para entender melhor o porque dessa nessa rotina pedimos para a nossa nutricionista Isabella Alencar um texto explicando:

Suco de beterraba para ciclistas!

“Em 2011 foi publicado na revista Medicine and Science in Sports and Exercise, um estudo realizado com consumo de suco de beterraba, durante apenas 6 dias, por ciclistas que competiram em provas de 4km e 16,1km. Em média os ciclistas foram 11 segundos mais rápidos na distância de 4km e 45 segundos mais rápidos na distância de 16,1k, resultando em uma melhora no desempenho que, em nível de competição, pode fazer uma diferença real.
Muitos outros estudos foram publicados mostrando a melhora do desempenho em ciclistas como o estudo publicado esse ano na revista International Journal of Sport Nutrition and Exercise Metabolism com melhora da potência de saída e diminuição do VO2 durante o exercício submáximo.
Esses resultados positivos ocorrem pela presenta de nitrato. O nitrato é convertido em nitrito e posteriormente em óxido nítrico, o que reduz o consumo de oxigênio durante o exercício, ou seja, ocorre maior eficiência da mitocôndria, que consome menos oxigênio e produz mais ATP (substância rica em energia por molécula de oxigênio consumido), melhorando assim a capacidade de gerar energia e a eficácia na utilização de oxigênio.
E por essa ação vasodilatadora o suco de beterraba pode melhorar a pressão arterial, além de ser fonte de betacaroteno, um potente antioxidante.
Consulte sempre um nutricionista para auxiliar na melhora do seu desempenho e saúde!”

Realmente hoje em dia sinto um melhor desempenho e uma disposição maior durante os longos dias em cima da bike. Na nossa rotina do pedal comemos a cada 45 minutos e bebemos muita água mesmo. E uma coisa muito simples mas que você consegue perceber é ao subir uma ladeira, se você está com sede ou há muito tempo sem comer a subida sempre parece uma parede se estiver hidratado ela parece ficar mais fácil.

Então, invista em saúde, invista em você, invista nos seu desempenho, busque conhecer qual o seu tipo certo de alimentação e bom pedal!

Opção saudável: Sanduíche de Pastrami e salada mista

Desde que voltamos da Bolivia estamos tentando voltar a nossa rotina. Em relação aos treinos o ritmo está ótimo, recuperamos a forca e a resistência bem rápido e a parte aeróbica está melhor do que antes. Na escalada voltamos ao nível de antes e agora é batalhar para superar o 6 grau e chegar logo ao sétimo. O cansaço segue, mas também com nosso ritmo acredito que o estranho seria se o nosso corpo estivesse descansado. A parte mais complicada vem sendo a alimentacao. Comer de 3 em 3 horas tem se mostrado muito difícil, beber bastante água também – tem dias que lembro e bebo outros ao final do dia me sinto culpada com o relapso – para piorar na hora do jantar eu não devo ingerir carboidratos enquanto o Ben sim. Temos que pensar com equilíbrio durante cada refeição e aos finais de semana tentar não desandar por completo. Na montanha consumíamos muitos doces e de certa forma ainda sentímos uma certa necessidade de comer algo açucarado, mais uma vontade a se controlar ou pensar numa forma de satisfazê-la de forma saudável.

Dieta Low Carb: A super sopa não é mais uma opção para minhas jantas.

Esse final de semana tentei pensar em como conciliar trabalho, treino e posts e ainda assim me concentrar para poder voltar com a nossa antiga rotina alimentar, acredito que o site, a fanpage e o twitter podem ser grandes aliados. Por isso a partir de amanhã contaremos com você e a sua ajuda nessa etapa. Fique a vontade em nos dar dicas, cobrar, perguntar e comentar o nosso diário alimentar.

O bom para vocês é que vou poder dar várias receitas gostosas, saudáveis e facéis. Espero que isso seja uma boa forma de agradecimento por vocês nos empurrarem nessa empreitada.

Hoje foi um dia de muita correria de manhã e de descanso a tarde.  Descanso meio obrigado, dei uma machucada no músculo do pescoço o que anda me dando uma dor de cabeça meio forte, fui no médico e é uma cefaléia tensional então estou tomando anti-inflamatório e relaxante muscular,  o que justifica minha moleza.

Tomei dipirona de tarde peguei no sono no meu sofá e acordei com uma baita fome, mas sem ânimo algum de cozinhar. Nessas horas nada como um sanduba.

Sanduíche de Pastrami e alface roxo.

2 pães integrais (eu usei um integral a base de amaranto e quinoa)

5 fátias finas de Pastrami ou Rosbife de verdade não aquela gelatina que vende na padoca.

5 folhas médias de alface roxo

3 tomates secos

1 colher de sobremesa de mostarda Dijon

Sal, azeite, pimenta do reino e vinagre balsâmico reduzido a gosto

Torre os pães de um lado. Vire uma das fatias e a outra retire e passe mostarda, depois é só ir montando os layers (pastrami, alface, tomates secos e temperos), cubra com a outra torrada.

Para acompanhar fiz uma salada de alfaces mista com alho espanhol, temperada com sal, azeite e vinagre balsâmico.

O suco que não pode faltar, hoje foi de pêssego com maracujá batido com linhaça.

Espero que gostem dessa ótima opção para aqueles dias de moleza.

A Super Sopa

Posted: March 30, 2012 by Natália Almeida in Nutrition, Português, Training
Tags: , , , , ,

De volta da Casa de Pedra, depois de um dia puxado de  musculação e exercício aeróbico. Nada de escalada mas muita pedalada, corrida e levantamento de peso. Ao chegar em casa queremos mais é comer algo gostoso, sentar pra resolver as coisas do site e dormir.

No onibús vindo pra casa já pensamos o que fazer para jantar e a decisão foi uma sopa de cenoura com gengibre e laranja que a minha cunhada Steph faz e é simplesmente uma delícia. Passamos no mercado, compramos o que sabíamos que faltava e ao chegar em casa esquecemos da laranja. O jeito era ver o que tínhamos em casa e inventar algo novo. Coloquei as cenouras pra cozinhar junto com uma mandioquinha. No fim acabei agregando um monte de coisa pensando na refeição ideal que a Dr. Isabella (nutricionista) nos pede. No fim a Super Sopa tinha  além do que já citei alho, gengibre, azeite, linhaça em semente e moída, ervilhas, ovos, sal e temperos.  Na real só faltou a saladinha pra ter ficado do jeito que a nossa nutricionista gosta, da próxima vez vou experimentar colocar espinafre  pra ver se fica bom.

E ficou realmente gostosa, o gengibre deixou ela refrescante e a sopa apesar de completa não era pesada. Ficou um creme muito leve. Sobrou o suficiente pra janta de hoje e quem sabe hoje eu não tento um espinafre e conto pra vocês mais tarde.

Se você quiser tentar em casa é bem fácil apesar de eu não saber algumas medidas direito.

– Corte 5 cenouras, uma mandioquinha pequena e um tomate grande em cubos e coloque em mais ou menos 1l de água temperada com sal e azeite pra cozinhar. Quando começar a ferver adicione os 4 dentes de alhos e o gengibre (um pedaço grande).

– Quando as cenouras estiverem macias coloque aos poucos no lliquidificador para bater, junte as sementes de linhaça ( +/- 2 colheres de sopa, e essa linhaca deve ter ficado na água de um dia pro outro). Você vai bater até virar um creme.

– Leve de volta ao fogo adicione as ervilhas frescas, os temperos a seu gosto  e três minutos antes de tirar adicione 2 ovos. Eu mexi para os ovos ficarem em pedacinhos cozidos, se você quiser deixá-los inteiros só coloque na panela e não misture.

– Agora é só servir, e aproveitar.